Performing outcall or on-site massage at private residences or hotels can open the opportunity to build a successful business.Fazer massagens ao domicílio, em eventos ou em hotéis pode ser uma excelente oportunidade para desenvolver um negócio de sucesso!

As massagens que incluem deslocação podem ser um valioso contributo para novos terapeutas que estejam a iniciar a sua actividade profissional e mesmo para um negócio que já seja conhecido.

Neste artigo vamos apresentar as principais recomendações de segurança para quem faz deslocações.

Ao complementar a sua prática com este tipo de serviço, o terapeuta tem realmente a oportunidade de fazer desenvolver o seu tipo de negócio quando comparado com a possibilidade de o fazer num SPA ou apenas num gabinete particular.

Contudo, com o contínuo desenvolvimento deste tipo de trabalho e com a angariação de novos potenciais clientes, muitos terapeutas são confrontados com algumas questões de segurança que se relacionam directamente com a necessidade da deslocação.

Como Assegurar a sua Segurança nas Deslocações?

1. Recolha Informação

Necessita de conhecer minimamente o seu cliente antes de chegar ao seu destino.

O tipo de ligação que vier a ter com o novo cliente vai depender em grande medida do tipo de comunicação eficaz que utilizar. A melhor forma de o fazer será agarrar no telefone e ligar directamente ao cliente para obter a informação que lhe trará o conforto necessário para poder deslocar-se e fazer o seu trabalho.

Mais do que apenas obter o endereço de destino, tente obter também alguma informação pessoal para poder, de alguma forma, confirmar a identidade do cliente. Pode também fazer uma outra pergunta por telefone: "Irá estar mais alguém presente?". Desta forma, estará a assegurar-se de que a massagem será executada apenas com a presença do cliente, sem amigos ou familiares durante a sessão... caso isso o incomode, claro.

2. Comunique de forma clara

É muito fácil comunicar de forma eficaz com o seu cliente sobre a forma como aborda cada marcação e sobre o eventual "protocolo" a seguir. O próprio cliente pode estar a fazer uma marcação desse tipo pela primeira vez e não estar familiarizado com certos procedimentos de segurança. Explique claramente ao cliente que a segurança de ambos é uma prioridade.

Antes da sua deslocação, partilhe com o seu cliente alguma informação sobre si (anos de experiência, a sua motivação para este tipo de serviço, o seu site ou página no facebook).

Assim que chegar ao seu destino, tal como para qualquer cliente, reveja com o cliente os aspectos principais da sessão, incluindo as necessidades específicas do cliente para essa sessão.

Assegure-se que o cliente compreende o tipo de técnica que irá receber, seja ela qual for.

Para criar um relacionamento saudável com o seu cliente, trabalhe em conjunto para atingir os objectivos para essa sessão. Irá ajudar a que o cliente se sinta mais confortável com a sua abordagem.

3. Construa a sua própria "rede" de segurança

Enquanto terapeuta que se vai deslocar para um sítio eventualmente desconhecido, deverá ter sempre um plano de segurança. Assegurea sua própria segurança partilhando com um colega, amigo ou membro da sua família os dados essenciais sobre a deslocação que está prestes a fazer: dados do cliente, localização e hora prevista de início e fim da sessão.

Arranje uma forma de poder contactar com essa pessoa (colega, amigo ou familiar) logo após a sessão para lhe dizer que tudo correu bem. Se essa pessoa não souber de si durante algum tempo após a hora prevista para o final da sessão, deverá tentar contactar directamente consigo e tomar as decisões adequadas a partir daí.

Durante a sessão de massagem com um cliente novo neste tipo de deslocações, pode inclusivamente utilizar um aparelho auricular para estar em contacto directo com essa outra pessoa durante a própria sessão, podendo assim alertar em tempo real caso surja algum imprevisto.

4. Saiba exactamente o que fazer caso algo corra mal

Os conselhos a seguir podem ajudar a que se proteja, defendendo-se de um cliente que o perturbe de forma verbal ou física.

  • Fale com o cliente. Se o cliente disser ou fizer algo que você considere inapropriado, diga-lhe claramente o que pensa sobre essa situação e faça com que o cliente entenda que o está a deixar desconfortável. Seja como for, tente sempre falar de forma calma e com um tom de voz profissional. Tente fazer com que o cliente se acalme. Muitas situações de perturbação resultam de questões sobre o pagamento. Se for "apanhado" neste tipo de situação, não aumente o seu tom de voz e tente sempre chegar a um entendimento. Se a situação persistir, recorra a outras tácticas para se proteger, tal como abandonar o local ou, sendo necessário, utilizar técnicas de auto-defesa. Pode também gritar para pedir ajuda caso a sua segurança esteja mesmo em risco.
  • Pratique técnicas de Auto-Defesa. No pior cenário, em que um terapeuta é atacado, há sempre um conjunto de opções a considerar, incluindo a possibilidade de se defender fisicamente. Proteja-se a qualquer custo e em seguida distancie-se de eventuais danos possíveis e recupere a sua segurança.

A Sua Segurança em 1º Lugar 

As massagens ao domicílio, em eventos ou hotéis podem oferecer-lhe a liberdade que não tem num gabinete fechado e potenciar os seus rendimentos. É claramente uma forma efectiva de lançar ou expandir a sua actividade profissional - desde que se mantenha seguro!

Adaptação Livre de Massagemag.com